Últimas notícias de economia, política, carros, emprego, educação, ciência, saúde, cultura do Brasil e do mundo. Vídeos dos telejornais da TV Globo e da GloboNews.
Mais de 76 mil pessoas foram atendidas com depressão no Paraná em 2019, diz Ministério da Saúde

Artista de Curitiba lança música para falar sobre ansiedade. Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, que tem a depressão como uma das causas principais. 'Setembro amarelo' é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio Sesc Caruaru/Divulgação Mais de 76 mil pessoas foram atendidas com diagnóstico de depressão no Paraná em 2019, de acordo com o Sistema de Informação em Saúde para a Atenção Básica (SISAB) – que tem como base a Atenção Primária em Saúde. O levantamento foi feito pelo Ministério da Saúde a pedido do G1 Paraná. Ao todo, foram 76.114 registros de atendimento para pessoas com depressão. Os diagnósticos de ansiedade no estado chegaram a 143.346. Curitibana vence anos de depressão e atribui superação a voluntariado com crochê Em 2015, foi criada no Brasil uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, que tem como principal causa a depressão. Batizada de Setembro Amarelo, a ação tem como objetivo dar mais visibilidade à causa ao debater o tema. Veja mais abaixo dados sobre suicídio no Paraná. Depressão é doença de difícil diagnóstico Getty Images/via BBC Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a depressão é a doença mais incapacitante do mundo e a segunda principal causa de morte entre pessoas de 15 a 29 anos de idade. Mesmo assim, conforme a OMS, menos da metade dos diagnosticados está em tratamento. Dados do Ministério da Saúde mostram que, no ano passado, 2.524 pessoas foram internadas com diagnóstico de depressão no Paraná. Esses registros constam no Sistema de Informações Hospitalares (SIH). Já as internações para casos de ansiedade totalizaram 64 no estado. Quer conversar? Ligue para o 188 Há ainda outros números que traçam essas duas doenças no Paraná: são os registros do Sistema de Informação Ambulatorial (SIA), que incluem os Centros de Atendimento Psicossocial (CAPS). Veja onde fica o CAPS mais perto de você no Paraná. Esses registros mostram que o Paraná contabilizou 9.140 atendimentos com diagnóstico de depressão e 5.451 de ansiedade. Como conversar com alguém que está pensando em cometer suicídio Falando do assunto por meio da música Henrique Ventura, que tem 21 anos e mora em Curitiba, usou a música para falar sobre o tema. Ele resolveu escrever sobre a ansiedade durante a pandemia. "A música aproxima você das pessoas, com a letra, com a melodia. E é um assunto muito difícil, essa coisa de ansiedade e de depressão. Nesse mês que a gente está, de prevenção ao suicídio, é um assunto muito sério e que gera sentimentos ruins. Ninguém gosta de falar disso, mas é algo que precisa ser falado porque quanto mais você guarda, mais coisa você acumula e pior você fica", afirmou o artista. O cantor contou que percebeu, ao analisar as redes sociais e nas conversas com amigos e familiares, que as pessoas estavam mais nervosas e tensas por causa do novo coronavírus e e também pela necessidade de ficar muito tempo em casa, com atividades e projetos sendo suspensos ou adiados. CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias PANDEMIA EM NÚMEROS: Confira o mapa com os dados por cidade "Você fica meio sem saber o que fazer,. Fica um sentimento ruim, uma ansiedade que você fica guardando coisas, às vezes é meio difícil jogar para fora e isso te consome. O meu jeito de expressar sentimentos é a música", explicou. Henrique Ventura fez música sobre ansiedade Lening/Divulgação O objetivo de Henrique Ventura, com a letra de "Ansiedade" é ajudar as pessoas e deixar claro que elas não estão sozinhas. "Lembre que a sua vida é boa, tem muita coisa boa nessa vida. Viver vale muito à pena, e tudo de ruim uma hora passa. Tudo isso vai passar", disse. Henrique Ventura se considera uma pessoa ansiosa – o que é diferente do transtorno de ansiedade – e ressaltou a importância de controlar essa inquietação. Ele faz terapia há seis anos em busca de autoconhecimento. O jovem afirmou que esse processo é muito importante para todo mundo e que as pessoas não devem deixar para procurar um profissional só quando tiverem problemas. "Foi muito interessante. As pessoas começaram a comentar: 'nossa, eu tenho ansiedade, eu ouvi sua música e me ajudou'. Uma outra: 'à noite, tenho compulsão alimentar e ouvi a sua música e me ajudou". Para Henrique Ventura, não tem nada mais gratificante do que ter ajudado pessoas com a música. "Não é fácil de você falar de algo seu. Isso de conversar, de compartilhar os seus sentimentos com outro, faz muito bem". Objetivo de Henrique Ventura, com a letra de 'Ansiedade' é ajudar as pessoas e deixar claro que elas não estão sozinhas Lening/Divulgação Suicídios No Paraná, 927 pessoas cometeram suicídio no ano passado, de acordo com dados preliminares da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). O número é maior na comparação com os anos anteriores – em 2018, por exemplo, foram 893 casos de suicídio; em 2017, foram 773; enquanto em 2016, foram 762. Em 2015, 715 pessoas tiraram a vida no estado Porém, a Sesa destacou que, embora a depressão seja o transtorno mental mais associado ao suicídio, não é o único. Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.
Fri, 18 Sep 2020 08:20:10 -0000
Participante de festa em barcos de luxo ostenta e joga dinheiro no mar em SP; VÍDEO

Homem foi flagrado sem máscara jogando diversas notas de R$ 50 na água. Festa ocorreu em Guarujá, no litoral paulista, e reuniu centenas de pessoas. Participante de festa em barcos de luxo ostenta e joga dinheiro no mar em SP Um dos participantes de uma festa realizada no mar com dezenas de barcos de luxo em Guarujá, no litoral de São Paulo, foi flagrado jogando notas de R$ 50 na água durante o evento. As imagens, obtidas pelo G1 nesta sexta-feira (18), mostram o homem ostentando um maço de dinheiro durante a celebração, que reuniu aproximadamente 350 pessoas. O evento ocorreu na tarde de quinta-feira (17), no Canto do Tortuga, localizado no bairro Enseada, desrespeitando as medidas de prevenção ao novo coronavírus, como o uso de máscaras de proteção e o distanciamento social. Em uma das embarcações, um homem, sem máscara e não identificado, é filmado (veja vídeo acima) enquanto joga diversas notas no mar. Ao fundo, outro participante da festa comemora a ostentação. Notas são exibidas em vídeo durante festa com embarcações de luxo Reprodução Em seguida, o rapaz que joga o dinheiro vira para quem está filmando e entrega uma grande quantidade de notas de R$ 100 e R$ 50 a ele. Outras imagens mostram as embarcações reunidas e centenas de banhistas celebrando em meio a música alta e bebidas. Além de lanchas, iates e motos-aquáticas, duas escunas foram vistas com dezenas de pessoas. Segundo apurado pelo G1, para participar da festa nas escunas, as pessoas compraram ingressos, que na quinta pela manhã já haviam esgotado. Os barcos de luxo funcionavam como uma espécie de 'camarote' e não precisaram pagar para participar do evento, que reuniu ao menos dois DJs. Durante a festa, uma empresária da região também celebrou seu aniversário. O evento foi divulgado pelas redes sociais e teve centenas de confirmações de presença. Até a última atualização desta reportagem, os organizadores da festa não foram localizados. Drone mostra festa com dezenas de barcos de luxo em meio à pandemia no litoral de SP Proibição Conforme os decretos municipais de enfreamento à Covid-19, em Guarujá, está proibida a aglomeração de pessoas e também a locação de embarcações e motos náuticas. Em nota, a prefeitura ainda informa que enviou equipes da Força-Tarefa, da Guarda Civil Municipal (GCM), além de fiscais de postura e comércio para impedir a festa no fim da Praia da Enseada, no Canto do Tortuga. A operação contou, também, com o apoio da Polícia Militar. A Capitania dos Portos de São Paulo informou que também foi acionada para fazer a retirada e as autuações das pessoas que estavam no mar. Já na areia, as equipes dispersaram os participantes, apreenderam bicicletas e identificaram uma marina que locou embarcações e será devidamente responsabilizada conforme os decretos. A multa varia de R$ 300 a R$ 9 mil. Dezenas de barcos foram flagrados em festa no mar em Guarujá, SP Reprodução/Jimmi Drone Guarujá O órgão reiterou que duas equipes de Inspeção Naval da Capitania foram direcionadas ao local a fim de verificar o cumprimento da Lei sobre a Segurança do Tráfego Aquaviário e das Normas da Autoridade Marítima. A ação de fiscalização permanece em andamento. A Marinha do Brasil enfatiza que disponibiliza o telefone 185 para denúncias e emergências náuticas. Covid-19 na Baixada Santista A festa ocorre após a Baixada Santista registrar aumento de casos e mortes por Covid-19. Esta alta no número de confirmações foi contabilizada duas semanas após um fim de semana ensolarado, com estradas e praias lotadas na região. Segundo o último levantamento realizado pelo G1 com as nove prefeituras, a Baixada soma mais de 52.323 confirmações e 1.925 mortes causadas pelo vírus.
Fri, 18 Sep 2020 08:02:59 -0000
Líder indígena morre com Covid-19 aos 42 anos no litoral de SP

João Lira teve importante papel na luta pelos direitos indígenas e pela preservação ambiental. Líder indígena morreu com Covid-19 aos 42 anos Reprodução/Redes Sociais O líder indígena João Lira, da Aldeia Itapuã, morreu aos 42 anos devido a complicações da Covid-19. A aldeia que ele liderava fica em Iguape, no litoral paulista, e a morte dele gerou comoção nas redes sociais. Conforme apurado pelo G1, Lira tinha um importante papel na luta pelos direitos das comunidades indígenas e pela preservação ambiental. João Lira estudou na Universidade de São Paulo (USP) e foi um dos pioneiros da educação escolar indígena no estado. Ele especializou-se em Letras, para melhorar a qualidade da educação pública de sua aldeia, segundo informações da Diretoria de Ensino Regional (DER). O indígena foi candidato a deputado federal em 2018 e se preparava para uma nova candidatura, desta vez para vereador em Iguape, na próxima eleição municipal. Ele morreu nesta quinta-feira (17), após ser infectado pelo novo coronavírus. No dia 1º de setembro, ele foi internado no Hospital Regional de Pariquera-Açu e, segundo a unidade, transferido ao Hospital São João, em Registro, no dia 3. A Diretoria de Ensino Regional, em Miracatu, publicou uma nota de pesar pelo falecimento do indígena, que era vice-diretor da Escola Estadual Indígena da Aldeia Itapuã. "João Lira foi um grande líder. Sua luta incansável em prol da causa indígena nos faz lembrar de que somos muito mais plurais do que singulares, muito mais coletivos do que individuais, muito mais 'nós' do que 'eu' ", escreveu a DER. A Diretoria Regional ainda afirmou que essa foi uma grande perda aos familiares, amigos e colegas de profissão, e que o indígena deixa um grande legado por sua liderança. "Certeza de que as sementes que plantou estão eternizadas em nossos corações", publicou. João Lira teve papel importante na luta pelos direitos indígenas Reprodução/Redes Sociais
Fri, 18 Sep 2020 08:02:24 -0000
Fundação Iberê Camargo reabre com exposição inédita de obras em cerâmica e tapeçaria do artista

Outra mostra que reúne gravuras de artistas gaúchos também estará exposta. Visitantes deverão obrigatoriamente usar máscaras. Obra que compõe a exposição 'O Fio de Ariadne', aberta ao público a partir de domingo (19) no Iberê Camargo Fabio Del Re/Fundação Iberê Após seis meses de portas fechadas devido à pandemia do coronavírus, a Fundação Iberê Camargo reabre para o público no próximo domingo (19), com a apresentação de duas exposições inéditas. O uso de máscaras será obrigatório, assim como a higienização das mãos e verificação de temperatura. Como se trata de uma retomada parcial dos trabalhos, as visitas acontecem de sexta a domingo, das 14h às 18h. As obras de Iberê, assim como de outros artistas gaúchos, estarão dispostas nas exposições: “Iberê Camargo – O Fio de Ariadne” e “Tudo vem do nosso pátio”. Segundo a instituição, serão cinco grupos com até 15 pessoas que poderão conhecer as mostras instaladas no local, sempre acompanhados por um mediador. Os preços variam entre R$ 20 e R$ 70, mas profissionais da saúde têm acesso gratuito. Iberê Camargo – O Fio de Ariadne Durante as décadas de 1960 e 1980, Iberê Camargo realizou trabalhos em cerâmica e tapeçaria. Algumas dessas obras serão expostas em "O Fio de Ariadne" (veja preview). A exposição reunirá 37 cerâmicas, 7 tapeçarias de grandes dimensões e cartões pintados pelo artista. Além disso, a mostra reúne uma cronologia ilustrada com fotos e depoimentos de mulheres que marcaram presença na vida de Iberê. A curadoria é de Denise Mattar e Gustavo Possamai. Tudo vem do nosso pátio Gravuras assinadas por 34 artistas gaúchos de diferentes trajetórias e gerações que participaram do projeto Artista Convidado, estarão expostas. Também foram selecionadas gravuras e pinturas de Iberê Camargo realizadas entre os anos 1989 e 1992. Obras Ciclista, óleo sobre tela, de Iberê Camargo, do ano de 1990 Fundação Iberê Camargo Serviço O quê? Reabertura da Fundação Iberê Camargo, com as exposições Iberê Camargo – O Fio de Ariadne” e “Tudo vem do nosso pátio” Quando? De 19 de setembro até 24 de janeiro de 2021. Quanto? A partir de R$ 20, profissionais da saúde não pagam. Mais informações: (51) 3247-8000. Iberê Carmargo durante exposição no ano de 1983, em Porto Alegre Martin Streibel/Fundação Iberê Initial plugin text
Fri, 18 Sep 2020 08:01:28 -0000
Pagamento 'instantâneo' por Pix poderá levar até uma hora se houver suspeita de fraude, diz BC

Previsão é que transações regulares levem menos de dez segundos. Criado pelo Banco Central, novo sistema começa a operar em novembro; 935 instituições estão em processo de adesão. As instituições financeiras poderão reter transferências e pagamentos feitos por meio do Pix por até uma hora em caso de suspeita de fraude, informou ao G1 o chefe-adjunto do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do Banco Central, Carlos Eduardo Brandt. Programado para começar a funcionar em novembro, o Pix foi criado pelo Banco Central com a finalidade de permitir transações praticamente instantâneas. A expectativa é que a maior parte seja concluída em menos de dez segundos. No total, 935 instituições financeiras estão em processo de adesão ao Pix, informou o BC. Brandt afirmou que o Banco Central está revendo uma regra sobre restituição de valores transferidos por engano via Pix. Com isso, se houver comprovação de fraude, será possível fazer reembolso sem autorização da pessoa que recebeu o depósito, informou. Para usar o Pix será necessário acessar o banco pelo aplicativo de celular ou pelo computador, assim como o DOC [Documento de Ordem de Crédito] e a TED [Transferência Eletrônica Disponível]. A diferença é que a identificação do beneficiário vai ser feita por meio de uma "chave" (que pode ser um e-mail, número de telefone ou CPF, por exemplo) ou por um QR Code e as transações poderão ser feitas 24 horas por dia, sete dias por semana. Banco Central divulga detalhes de novo sistema imediato de pagamentos A velocidade e a praticidade suscitaram dúvidas sobre os riscos de fraudes envolvendo o Pix. De acordo com Carlos Eduardo Brandt, as instituições financeiras serão responsáveis por garantir a segurança das transações e, para isso, poderão usar recursos como senhas, biometria ou reconhecimento facial. O diretor afirmou que o BC vai estabelecer um limite para a ocorrência de irregularidades envolvendo o Pix, e os bancos que apresentarem índice de irregularidades elevado poderão ser multadas ou ter suspensa — ou mesmo cassada — a autorização para oferecer o serviço. Barreiras de segurança De acordo com Brandt, a primeira barreira de segurança nas operações com o Pix será de responsabilidade do Banco Central: assim que o cliente confirmar a "chave" do destinatário, receberá as informações sobre ele, seja pessoa ou empresa. Se os dados não baterem, poderá então cancelar a transação. Se o cliente der continuidade, será a vez de o banco analisar os dados. Caso identifique algum problema ou suspeita, a instituição poderá: reter o pagamento ou transferência por até 30 minutos (durante o dia); reter o pagamento ou transferência por até uma hora (durante a noite). “Esse é o tempo que essa instituição vai ter para avaliar melhor essa transação, eventualmente entrar em contato com você para confirmar se foi você mesmo quem fez, ou fazer algum tipo de autenticação para se certificar de que essa transação não será de fato uma fraude. Se a instituição continuar com uma alta suspeita de fraude, ela vai negar essa transação”, disse o diretor do BC. Brandt esclareceu que o cliente será comunicado pelo banco quando a operação estiver sob análise. Se ele estiver no caixa de um supermercado, por exemplo, e tiver urgência, poderá cancelar a transação pelo Pix e fazer o pagamento por outro meio, como cartão de crédito, DOC, TED ou dinheiro. O diretor disse que, apesar de os bancos terem autorização para reter transações pelo Pix, o número de bloqueios não poderá ser muito alto. O BC também vai acompanhar esses números, afirmou. Como vai funcionar o PIX - pagamento instantâneo Editoria de Arte / G1 Reembolsos Brandt informou ainda que o Banco Central está revendo a regra segundo a qual reembolsos de transações pelo Pix só poderiam ser feitos com a concordância da pessoa ou empresa que recebeu o dinheiro. Segundo ele, a devolução de recursos sem o consentimento do beneficiário deverá ser permitida no Pix, nos casos de fraude. O diretor do BC esclareceu que a devolução já existe hoje no sistema bancário, mas depende de acordos multilaterais assinados entre os próprios bancos. No caso do Pix, disse, a ideia é um acordo amplo para que todas as instituições que ofereçam o serviço também garantam os reembolsos.
Fri, 18 Sep 2020 08:01:23 -0000
Bon Odori 2020 tem edição drive-in com shows, comidas típicas, músicas e danças da cultura japonesa, em Goiânia

Evento acontece nesta sexta-feira e sábado, em Goiânia. Participantes deverão permanecer dentro dos veículos durante festividades. Bon Odori 2020 será em formato drive-in Vitor Santana/G1 O festival de música, dança, culinária e artes japonesas Bon Odori será realizado em formato drive-in este ano, um formato adaptado ao cenário de pandemia. A 18ª edição acontece nesta sexta-feira (18) e sábado (19) no Clube Kaikan, no Setor Itatiaia, em Goiânia. A expectativa é reunir 110 veículos por dia, totalizando cerca de 800 pessoas ao longo dos dois dias de evento. O Bon Odori terá shows presenciais, que serão projetados em um telão para que o público acompanhe tudo dentro do carro. A edição será transmitida ao vivo pelas redes sociais. Haverá, também, venda de comidas típicas. Os pratos serão levados aos veículos por uma equipe de voluntários, que estarão com equipamentos de proteção contra o coronavírus. Os participantes só poderão sair dos veículos para ir ao banheiro e deverão usar máscaras. Cada ingresso custa R$ 220 e dá direito ao acesso de um veículo com até cinco pessoas, incluso um combinado especial de comidas típicas. O festival Bon Odori é organizado anualmente pela Associação Nipo-Brasileira de Goiás para homenagear os antepassados japoneses. Em Goiás, é o maior evento da cultura japonesa e consta até mesmo no calendário oficial de Goiânia. Bon Odori 2020 Data: sexta-feira (18) e sábado (19) Horário: Das 19h30 às 23h Local: Clube Kaikan, Setor Itatiaia, Goiânia Valor: R$ 220 por carro (até cinco pessoas por carro) Veja outras notícias da região no G1 Goiás.
Fri, 18 Sep 2020 08:01:15 -0000
Secretário de Estado dos EUA chega a Boa Vista pela base área do Exército

Mike Pompeo deve visitar, ainda, a Paróquia de Nossa Senhora da Consolata. Secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, fala durante coletiva de imprensa no Departamento de Estado em Washington, nesta quarta-feira (24) Mandel Ngan / AFP O Secretário de estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo, chega a Boa Vista pela base área do Exército por volta das 14h20 desta sexta-feira (18). De acordo com nota da embaixada norte-americana, a imigração de venezuelanos ao Brasil deve ser discutida durante a passagem de dele pela cidade. Pompeo se encontrará com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, na base aérea de Boa Vista a partir das 16h45. O encontro deve ser acompanhado pela imprensa apenas no início. Depois, a conversa deve ocorrer de forma privada, junto com representantes do Departamento de Estado e da Embaixada dos EUA "O secretário Pompeo irá ressaltar a importância do apoio dos EUA e do Brasil ao povo venezuelano em seu momento de necessidade, visitando migrantes venezuelanos que fogem do desastre provocado pelo homem na Venezuela", diz trecho de nota da embaixada. Pompeo tem visita marcada ao Posto de Identificação e Triagem da Operação Acolhida localizado no bairro Treze de Setembro, zona Sul da Capital, a partir das 15h15. A Operação Acolhida é uma força-tarefa humanitária que cuida da imigração venezuelana no Brasil. O trabalho de acolhida aos imigrantes que entram no Brasil por Roraima é feito desde março de 2018 pelo Exército, agências da ONU e organizações não governamentais. Durante a visita às instalações da Acolhida, também estarão presentes o embaixador dos EUA no Brasil, Todd C. Chapman, o coordenador da Operação Acolhida, General Barros, o governador Antonio Denarium, o senador Chico Rodrigues e Oscar Piñeiro, representante do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (UNHCR). Também está prevista uma visita a Paróquia de Nossa Senhora da Consolata, onde Pompeo deve conhecer a instalação Água, Saneamento e Higiene (Wash). O secretário atende a imprensa em uma coletiva às 17h15. Depois, segue para Bogotá, onde se encontra com o presidente colombiano, Ivan Duque.
Fri, 18 Sep 2020 08:00:31 -0000
Grupo do MPRJ que investiga pessoas com foro especial recebe informações de suspeitas sobre Cláudio Castro

Caso seja denunciado, governador em exercício pode ser julgado no Órgão Especial do Tribunal de Justiça. Vídeo mostra Cláudio Castro em encontro com empresário que depois foi preso em operação contra fraudes na Fundação Leão XIII. As informações sobre as suspeitas de atuação de Cláudio Castro em um esquema de corrupção na Fundação Leão XIII já foram compartilhadas com o grupo de atuação do Ministério Público que investiga pessoas com foro especial na esfera estadual. O governador nega as denúncias. Por determinação judicial, as informações sobre Cláudio Castro na investigação da 4ª Promotoria de Justiça de Investigação Penal Especializada foram compartilhadas com o Grupo de Atuação Originária Criminal (Gaocrim) do Ministério Público do Rio de Janeiro. Se denunciado pelo procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, Castro será julgado pelo Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado. Questionado sobre as investigações, Cláudio Castro afirma que não é objeto de investigação e "ressalta que o vazamento inescrupuloso de dados protegidos por sigilo é crime amparado pela nova lei de abuso de autoridade". Cláudio Castro, governador em exercício do RJ, é investigado por suspeita de corrupção Na quarta-feira (16), a GloboNews mostrou imagens de Castro em um encontro com um empresário, Flávio Chadud, em que ele teria recebido cerca de R$ 100 mil em propina de empresa investigada, segundo um delator. Castro já era vice-governador quando as imagens foram feitas, em julho de 2019. O encontro teria acontecido um dia antes da primeira fase da operação Catarata, em 2019. Segundo o Ministério Público, Cláudio Castro é suspeito de receber propina de uma empresa que tinha contratos milionários com o governo. Castro enviou a seguinte nota para a GloboNews sobre o encontro: "O governador em exercício Cláudio Castro afirma que é mentirosa a especulação do delator Bruno Selem de recebimento de propina. Além disso, esclarece que jamais encontrou o delator no escritório da referida empresa. É importante frisar que, apesar de conhecer o Sr. Flávio Chadud, Cláudio Castro determinou, logo no início de sua gestão, o corte na ordem de R$ 7 milhões no contrato do empresário com o Governo do Estado". Em nota, o Ministério Público afirmou que "Investigações relativas a casos da atribuição originária do Procurador-Geral de Justiça tramitam na Subprocuradoria de Justiça Criminal em absoluto sigilo, razão pela qual o MPRJ não se manifestará". Depoimento da Operação Catarata cita pagamento de propina a Cláudio Castro Operação prende 7 suspeitos de fraudes de R$ 66 milhões na Fundação Leão XIII Entenda o trâmite Para que o caso chegue ao Órgão Especial do TJ-RJ, é necessário que o Procurador-Geral de Justiça ofereça uma denúncia após as investigações do Gaocrim, que investiga pessoas com cargos que possuem foro especial junto ao Tribunal de Justiça. Entre estes cargos, estão o vice-governador e deputados estaduais (em casos de crimes comuns), prefeitos e vereadores. No artigo 160 da Constituição do Rio de Janeiro, que fala sobre o Tribunal de Justiça, é escrito que uma das atribuições do órgão é processar e julgar originariamente: A representação de inconstitucionalidade de lei ou ato normativo, estadual ou municipal, em face da constituição estadual; A representação do procurador-geral da Justiça que tenha por objeto a intervenção em Município; Nos crimes comuns, o vice-governador e os deputados No regimento interno do Tribunal de Justiça, no artigo 3º, o mesmo artigo está presente: Art.3º- Compete ao Órgão Especial: I - Processar e julgar, originariamente: o vice-governador e os deputados estaduais, nos crimes comuns Castro citado em denúncia Pedro Fernandes, preso em investigação por corrupção, conversa com Cláudio Castro, atual governador em exercício Reprodução Castro é hoje o governador em exercício do Rio de Janeiro, após o afastamento de Wilson Witzel do cargo por determinação do Superior Tribunal de Justiça. Initial plugin text De acordo com o MP-RJ, Cláudio é suspeito de participar do esquema de corrupção e direcionamento de licitações na fundação Leão XIII entre 2013 e 2018. Quando já era vice-governador, Castro, responsável pelo órgão, renovou contratos com uma empresa que já estava sendo investigada, segundo reportagem do RJ2. Fundação Leão XIII renovou contrato enquanto estava ligado à vice-governadoria Nas investigações dos contratos entre a empresa Servilog e a Fundação, Cláudio Castro, que tinha o apelido de “Gago”, é citado em delação premiada de Bruno Selem, preso na primeira fase da operação Catarata. Bruno afirma que Castro se beneficiava politicamente do projeto “Qualimóvel” no município do Rio, quando foi vereador entre 2016 e 2018. Selem diz que Castro pedia propinas e ainda orientava que o projeto da Fundação Leão XIII fosse realizado em determinadas paróquias religiosas na cidade. Cláudio também negou as suspeitas. O governo do estado disse que a investigação começou na controladoria geral e investiga contratos da gestão anterior.
Fri, 18 Sep 2020 07:00:14 -0000
18 de setembro, sexta-feira

Bom dia! Aqui estão os principais assuntos para você começar o dia bem-informado. Os processos de impeachment avançaram em Santa Catarina e no Rio de Janeiro. Já o prefeito do Rio, Marcelo Crivella, se livrou de mais um pedido de abertura de processo de afastamento. O depoimento de Jair Bolsonaro no caso de suposta interferência na PF está "congelado" até o STF decidir a próxima etapa. O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, chega a Boa Vista. Os 70 anos da TV no Brasil e as lives de hoje. Processos de impeachment em SC e no RJ Os deputados estaduais de Santa Catarina votaram pelo prosseguimento do processo de impeachment contra Carlos Moisés da Silva (PSL). Foram 33 votos a favor, seis contra e uma abstenção. O governador não foi afastado, pois ainda há outros passos no processo. No Rio de Janeiro, comissão especial aprovou, por unanimidade, pela sequência do processo de impeachment de Wilson Witzel (PSC). O placar final foi de 24 a 0. Witzel disse que recebeu "com tranquilidade" decisão, mas falou em "linchamento político" e acusação sem provas. Ele foi afastado do cargo pelo STJ, é investigado por suspeitas de corrupção em contratos públicos na área da saúde. O governador nega. Ainda no Rio, a Câmara de Vereadores rejeitou, mais uma vez, um pedido de abertura de processo de impeachment contra o prefeito Marcelo Crivella (Republicanos). Foram 24 votos a 20. O pedido foi protocolado pelo PSOL com base na Operação Hades, que investiga um suposto "QG da Propina" na administração municipal. Depoimento de Bolsonaro O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello suspendeu a tramitação do inquérito que avalia se Jair Bolsonaro tentou interferir na Polícia Federal e decidiu também que caberá ao plenário definir se o presidente pode enviar depoimento por escrito ou, se preferir, escolher o melhor dia para ser ouvido. A data do julgamento ainda será definida. A investigação aberta em maio tem como base acusações do ex-ministro da Justiça Sergio Moro. Eleições 2020 As 26 capitais do país têm, ao todo, 311 candidatos às prefeituras aprovados em convenções para a disputa das eleições deste ano. Número total, que ainda pode sofrer alterações com o registro final na Justiça Eleitoral, deve ser o maior em pelo menos 20 anos. Veja quem concorre a prefeito nas eleições deste ano Números na pandemia O país registrou 857 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas e chegou a 135.031 óbitos. A média móvel de novas mortes nos últimos 7 dias foi de 779 óbitos, uma variação de -9% em relação aos dados registrados em 14 dias. São 4.457.443 brasileiros com o novo coronavírus. MÉDIA MÓVEL: veja como estão os casos e mortes no seu estado PANDEMIA NAS CIDADES: consulte casos e mortes por município Mundo chega a 30 milhões de casos Auxílio Emergencial A Caixa Econômica Federal (CEF) paga mais uma parcela do Auxílio Emergencial a 5,6 milhões de trabalhadores. Para o público do Bolsa Família, a parcela paga já é a primeira de R$ 300. Para os demais, seguem os pagamentos de R$ 600, e a ajuda será creditada. Veja como serão os pagamentos de R$ 300 e tire dúvidas Veja o calendário Tira dúvidas Mike Pompeo em Boa Vista O secretário de Estado dos Estados Unidos, Mike Pompeo Yuri Gripas / Reuters O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, chega a Boa Vista hoje para discutir a imigração de venezuelanos. Ele se encontrará com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, irá ao Posto de Identificação e Triagem da Operação Acolhida, e, mais tarde, visitará a Paróquia de Nossa Senhora da Consolata. No final da tarde, seguirá para Bogotá, onde se encontra com o presidente colombiano, Ivan Duque. Animais mortos no Pantanal Jacaré queimado no Pantanal Força Tarefa Pantanal/Divulgação Diferentes representantes de órgãos públicos do meio ambiente, universidades, organizações não-governamentais e voluntários se uniram em uma força-tarefa para fazer uma estimativa do número de animais mortos pelas queimadas no Pantanal, que já consumiram mais de 2,9 milhões de hectares na região. As ações em campo começaram há 10 dias, primeiro em Mato Grosso, e, nesta semana, em Mato Grosso do Sul. Preço do algodão em alta Safra de algodão nas lavouras do Maranhão Reprodução / TV Mirante Acompanhando a alta de diversos produtos do campo, em especial os alimentos, o algodão se valorizou nos últimos meses. A pluma, que é um dos principais itens da indústria de roupas, chegou a valorizar cerca de 20% no fim de agosto. Isso gera preocupações de que, além da alimentação, as roupas fiquem mais caras. Saiba por que o algodão é o 'boi vegetal' Peru: Covid e instabilidade política O Assunto debate hoje o Peru, que vive a mais grave crise sanitária da história do país e um ambiente de turbulência política. O presidente Martín Vizcarra enfrenta o Congresso em votação pelo seu impeachment. Neste episódio, Renata Lo Prete conversa com o cientista político português Luís Nunes, que vive em Lima há duas décadas, e Fátima Marinho, epidemiologista da Vital Strategies, organização que auxilia 63 países no combate à pandemia. 70 anos da TV no Brasil TV Globo A televisão completa 70 anos no Brasil. O G1 preparou uma lista com algumas vezes que a TV inovou em estilo, tecnologia e programação: da primeira novela ao primeiro reality show, da primeira vez que a imagem chegou colorida na casa dos brasileiros ao primeiro beijo entre dois homens no horário nobre. O fenômeno lançou manias e paixões nacionais. Veja 70 FOTOS coloridas e em preto e branco que contam história da TV no país e VÍDEOS de reportagens e especiais sobre a televisão brasileira. O Globo Repórter vai contar a trajetória da telinha. Serão dois programas. As sete décadas começam a ser relembradas esta noite. Especialistas escolhem programas e novelas que marcaram a história Veja 10 curiosidades de novelas clássicas que estão de volta Lives de hoje Frank Aguiar, João Suplicy e Sheryl Crow fazem lives nesta sexta-feira (18) Divulgação / Amanda Perobelli-Estadão Conteúdo/Arquivo / Kevin Winter/Getty Images North America/Getty Images via AFP/Arquivo Sheryl Crow faz dois shows online neste final de semana e o desta sexta-feira é em formato elétrico. Frank Aguiar, João Suplicy e a dupla Lucas e Felipe também fazem parte da programação. Veja a lista completa com horários das lives de hoje. 'Me chama que eu vou', documentário sobre Sidney Magal, lança 1º trailer Mega-Sena A principal faixa de premiação do concurso 2.300 da Mega-Sena não teve ganhador. O prêmio acumulou e deve ir a R$ 36 milhões no sábado. As dezenas sorteadas: 09 - 21 - 37 - 39 - 43 - 54. A quina teve 76 apostas ganhadoras; cada uma receberá R$ 29.541,74 A quadra teve 3.877 apostas ganhadoras; cada uma levará R$ 827,28 Curtas e Rápidas: Mais de 76 mil pessoas foram atendidas com depressão no Paraná em 2019, diz Ministério da Saúde G1 jogou: 'Super Mario 3D All-Stars' é bela homenagem de 35 anos do herói, mas game podia ser melhor 15 empresas de tecnologia abrem vagas de emprego; veja lista
Fri, 18 Sep 2020 07:00:10 -0000
Carro e motocicleta colidem na Av. Washington Soares, em Fortaleza
De acordo com a Polícia Militar, ninguém ficou ferido. Um acidente entre dois veículos foi registrado no fim da tarde desta quinta-feira (17) em um trecho da Avenida Washington Soares, que fica no Bairro Guajiru, em Fortaleza. De acordo com a Polícia Militar do Ceará (PMCE), não houve feridos. Segundo a PMCE, a ocorrência envolveu uma colisão entre carro e moto. Uma equipe do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE) foram ao local e submeteram ambos os motoristas ao teste para detectar a presença de álcool, mas os resultados deram negativo. Os veículos foram removidos da avenida e encaminhados ao depósito do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE).
Fri, 18 Sep 2020 04:50:38 -0000

This page was created in: 0.03 seconds

Copyright 2020 Oscar WiFi

This website or its third-party tools use cookies, which are necessary to its functioning and required to achieve the purposes illustrated in the cookie policy. By closing this banner, scrolling this page, clicking a link or continuing to browse otherwise, you agree to the use of cookies. If you want to know more or withdraw your consent to all or some of the cookies, please refer our Cookie Policy More info